Sem máscaras

Esse blog é uma espécie de "reclamário"que construí cá online. Com comentários sobre cultura, comportamento, um pouco de política. Opinião. Ironia. Os temas são amplos: o que der na telha, entre livros, músicas, videos, séries de tv, um e outro filme, papos de boteco, enfim - aquilo de que nos ocupamos na web e na vida.

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

No fundo



Fundo da garrafa não faz sombra, faz?....

Fico pensando no fundo.... No fundo das coisas, no fundo do coração, no fundo do poço, no fundo da terra, no fundo do mar..... E a minha vontade é de me movimentar, nem que seja para o fundo.

Saber as coisas a fundo, pensar pensamentos a fundo.... Olhar a pessoa no fundo dos olhos e tentar descobrir o que ela fará comigo caso lhe mostre o fundo do meu c...oração..... Mas assim já estou querendo prever o futuro.

O fundo é um lugar e pronto. Quero mais que espaço, quero o imaterial que às vezes pesa à mão. Conhece? O imaterial que toca o coração com o dedo. Imaterial com dedo. Isso mesmo. Quero o que não pode com aquele que posso, quero fazer uma faxina na minha alma com a vassoura, rodo e pano de chão..... Quero ir ao supermercado e comprar desinfetante para minha mente e limpá-la..... Entende agora o material-imaterial?

Quero ultrapassar a barreira do tempo e fazer a vida ser MAIS feliz. Será isso possível ou sou apenas uma lunática cheia de querências?

Nenhum comentário:

Postar um comentário