Sem máscaras

Esse blog é uma espécie de "reclamário"que construí cá online. Com comentários sobre cultura, comportamento, um pouco de política. Opinião. Ironia. Os temas são amplos: o que der na telha, entre livros, músicas, videos, séries de tv, um e outro filme, papos de boteco, enfim - aquilo de que nos ocupamos na web e na vida.

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Passou rápido


Chegou a hora da despedida!

Ficarei com a lembrança dos rostos de vocês sempre sorridentes e felizes que compreendiam tudo silenciosamente e que acalmavam a minha injusta conduta de "adulto".

Mas apesar do meu jeito torto, acima de tudo vejo a amizade, o carinho, e a enorme preocupação que sempre senti por vocês.... Do meu jeito torto, mas sincero.

Não esquecerei nem um de vocês, podem estar certos disso.
O eterno rosto pessoal, um a um.

Vocês foram traquinas, irrequietos, mas isso só dá a vocês um valor incalculável por amarem e nutrirem pela existência uma riqueza desmedida.

Para mim, como educadora, fico feliz pela compreensão, resignação e alegria com que aceitataram as minhas censuras a certas atitudes menos corretas de vocês.

Cada gesto, cada palavra, cada som, cada atitude de vocês, serão preservadas como um tesouro imenso, uma riqueza incalculável no meu coração.

Nesta hora da despedida, só me ocorre uma frase:OBRIGADA E ATÉ SEMPRE!

Aprendi nestes 4 anos a ter um olhar fixo ao encanto de vocês.....De cada um.

Sentirei saudades!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário